31 de julho de 2009

Tere Fantasy - Capitulo 2

1999, o sucesso continua... Para o lançamento da Festa faziamos os pré-eventos: desfile de fantasias no Skypper da Gavea (RJ), ensaio fotografico no Porcão de Ipanema e o Tere Fantasy Magazine. Nos desfiles o backstage era uma delicia. Uma festa... Muitos artistas estavam começando sua trajetoria, outros gostavam do agito : David Brasil, Nelson Freitas, Monica Carvalho, Fernanda Rodrigues . Começa aí a historia da "PENELOPE CHARMOSA" que não teve fim... Uma peruca rosa bebê, o que fazer com ela? Uma Penelope. Nada mais basico: um vestido rosa bebê de cotton malha,uma meia bailarina tambem rosa,um tenis fashion branco, pelinho e uma gargantilha rosa de paètes. Agradecemos muito a Fernandinha por eternizar a nossa penelope...

Thierry é um assunto a parte. Sempre educado, solicito e lindo.Nosso Capitão Gancho,nosso Mosqueteiro. Estamos com muitas saudades Thierry...

Ano 2000,desfile na atual Sky Lounge,lotado.

E a Tere ficou enorme, se organizou mais ainda e virou Original Produções. Continuaram os magazines até 2004, sempre com esmero o que resultava numa produção perfeita e patrocinadores serios. Podemos aqui confirmar que a Tere é uma produção de Escola de Samba, mas seus componentes nunca ensaiaram.Tudo é espontaneo. Saiu o Pinel e entrou para o time o Boaventura. Abaixo : Sr. e Sra. Boaventura Como está escrito no Magazine 2004 "a Tere Fantasy fez historia e milhares de pessoas felizes, são a prova de que a maior festa a fantasia do Brasil tambem é um grande espetaculo". Namoros feitos e desfeitos, casamentos eternos e os filhos desses casamentos tomando o rumo de Teresopolis em setembro. Festa a fantasia não tem classe social, não tem nome, nem sobrenome, não é Rogerinho? Trabalhamos muito todos esses anos para colaborarmos para que esse Mercado novo, gerador de milhares de empregos, Brasil a fora, permaneça sempre com qualidade, novidade e responsabilidade. Temos tambem, a mais absoluta certeza que os nossos amigos da Tere tambem o fazem. Não esqueçam,a proxima Tere-Fantasy é em 12 de setembro.Vamos nos fantasiar. Fantasia é transformaçã0. É alegria.

27 de julho de 2009

Tere-Fantasy: Geradora de um NOVO MERCADO - capítulo 1

Hilda Furacão se entregou ao Batman. Mulher Maravilha trocou beijos ardentes com o Frei Mathus. Drácula fisgou o pescoço de Pocahontas. Em julho de 1998, escreveu Sergio Pugliese no Jornal "O Globo". Esse era o clima das duas maiores Festas a Fantasia da época. Uma delas, a Tere-Fantasy ainda arrasta 10 000 pessoas à Teresópolis (RJ). Começamos a trabalhar com os organizadores da Tere em 1995, de forma tímida. Era uma festa só para amigos e amigos indicados. Acontecia num Clube na Estrada Teresópolis-Friburgo (RJ),o Country Club. Eles,os organizadores, se vestiam de bichinhos da Parmalat. Hoje criamos seus figurinos com alguma inspiração que comporte ou um blazer ou uma casaca.

Acima: Primeiro time - Pinel , Giacomazzi e Rogerinho.

Em 1998 foi o auge... Meninos e meninas Vips lindíssimos, falsificações de ingressos, fila na nossa porta, o telefone não parava, a reserva do figurino era feita com dois meses de antecedência. Lindas que desmaiavam, reportagens em revistas e jornais. Um clima eletrizante...

O Country Club lotou. A festa sofisticou e foram para a Granja Comary (RJ).

A imprensa informou esse sucesso. Começaram as cópias ... Surgiu um Mercado não só no Rio de Janeiro , mas em todo o Brasil: As Festas Fantasy e por consequência as lojas de Aluguel de Fantasias. Podemos aqui contar a historia do" Figurino Taxi" criado por Juliana Parente, uma de nossas assistentes da época (a enfermeirinha). Depois de publicada a foto do tal Taxi na Imprensa ,todas iam de "Taxi", do Oiapoque ao Chuí. Rimos muito na época... Não vamos negar que no começo da expansão desse mercado, não ficamos incomodados. Mas sempre entendemos que quando um produto bom é lançado, sempre vão surgir copias. É inevitável... Mas crescemos com o mercado com mais qualidade e conhecimento. E ainda somos muito orgulhosos de mantermos os mesmos amigos fiéis depois de tantos anos: "Os meninos da Original "(produtores da Tere-Fantasy).

24 de julho de 2009

Nossos Amigos

As lindas do
Caldeirão do Huck
com
Jôka P.

Jôka P. com Cida

Pedro e Ema em momento "Cueca Chilena"

Pedro em momento nobre

A Guerreira

Roberto

Henrique

23 de julho de 2009

22 de julho de 2009

Anos 50 ou Anos 60?

Maria Julia foi uma surpresa...
Convidada para uma festa "Anos 60" e com menos 58 kg do seu corpitcho antigo, coube no manequim 44.
Na verdade Maria Julia foi de anos 50 à " uma festa anos 60". Saia godée duplo com cintura marcada é 50.

Acima : Maria Julia

A direita : modelos "Patrícia François Promoções"

No pós-guerra as mulheres desejavam substituir o rígido corte masculino por curvas femininas e saias dançantes. O New look pós-guerra sinalizava uma economia saudável com o poder de Paris na Moda Mundial com Dior, Balenciaga, Balmain e muitos mais. Os anos 50 foram sofisticados e a beleza tornou-se um tema de muita importancia.A coleção Dior para o Outuno de 1959 criada por Saint Laurent foi impopular e marcou o fim do apogeu da Alta Costura parisiense. Fora de Paris, especialmente em Londres, ocorria uma revolução jovem. O beatnik look se inspirou nas ruas, nos astros musicais e nas gangues. Um marco foi a abertura da loja de Mary Quant em 1958, na King´s Road. A incerteza do futuro e o desejo de se rebelar impos o "Pret à Porter".

Para os estilistas da moda da década de 60 o corpo era o veiculo de criação. Essa ruptura ficou evidente também nas artes: Pop Art. As roupas eram duras, geometricas, eroticas, as saias chegaram as coxas, blusas transparentes, grandes decotes, cinturas baixíssimas. Cetim ciré, Courrèges, Paco Rabanne.
A cada dia surgia um novismo, uma nova rebeldia, um novo material.
Então vamos dar "Festas Anos 50"... com sobrancelhas arqueadas, muito rímel, saias dançantes e muito "rock and roll'. Já vocês rapazes, encurtem as suas calças e coloquem um gel nos cabelos. Nas "Festas 60" "tirem os soutiens", pernas de fora, usem sua botas longas.
A viagem é longa, das camponesas fluidas até a Índia. E tudo acaba em Woodstock ...
*Fonte: Costume and Fashion - A concise history-James Levier

E Viva São João

Nesse ano não aconteceram grandes "FESTAS JUNINAS OU JULINAS". 2008 foi muito mais divertido...
Nas do Jockey Club, Morro do Pão de Açúcar e PUC, as maiores e mais famosas,todos foram como se vestissem para a matinée de um filme...
Olhem a foto e fiquem com água na boca !!!
As lindas são as recepcionistas da "Patricia François Promoções", no receptivo da festa da PUC (RJ).
Reparem nas anáguas de tule colorido.........

21 de julho de 2009

NOVIDADES

Começam essa semana as gravações da nova temporada da série "CILADA", de Bruno Mazzeo, para o canal Multishow.
A VIDA SECRETA apoia essa série pelo terceiro ano consecutivo.
Bruno que já bem gostou de desfilar fantasiado para nossa loja e também de uma "Tere- Fantasy", vai recordar nessa nova "Cilada" uma "Festa a Fantasia".
Bruno já caiu numa cilada de D. Juan e Chapolim.
O que escolherá para essa série? Um cachorro, um pirata, um lobo, um Batman ou um Robin?
Sua namorada cilada (Debora Lamm) está com o figurino escolhido.
Mas só contaremos após a estréia da série....
Desculpe a foto, Bruno, mas foi a única que encontramos você com nosso figurino...
Sabemos que você é um gato !

Em tempo, Nizo Neto apareceu por aqui para escolher figurinos do "programa teste" para a Radio.

20 de julho de 2009

Julho de 2009

Vamos contar a historia da Vida Secreta sem cronologia, mas como estamos em Julho , o que aconteceu recentemente ainda está na nossa memória.
Ação na boite "The Week " (RJ) do Whisky "Johnnie Walker Green Label ".
As duas promotoras vestiram saia de paeté, colarinho c/ gravata borboleta e corselet de renda preta, uma leve inspiração do próprio Johnnie, afinal elas teriam que chamar atenção para a marca. Já o ator estava vestido mais próximo possível, tudo foi resolvido na ultima hora, com a figura do produto.Não foi possível encontrar na hora o 'pince-nez" nem o relógio de bolso para tudo ficar perfeito.

Cabe aqui explicar que "pince-nez" ou "pincenê" são modelos de óculos usados do século XV até o inicio do séc XX, cuja estrutura era desprovida de hastes, como o do "Tio Patinhas".

Já os "lorgnons" tem uma haste lateral onde o usuário o segurava para colocá-lo na frente dos olhos.

Os relógios de bolso começaram a ser usados no século XVI e hoje muitos tem coleções valiosíssimas.




Dizem que a ação dentro da limousine foi imperdível ...